ALEH Blog

Blog do Alessandro Andrade. Magrinho, Engenheiro e toca violão.

Category: Relacionamentos

História das mídias sociais: do 1º email às redes sociais


Este infográfico bacana conta a história das mídias sociais, traz alguns exemplos de interação na web que resultaram em mudanças na vida real de algumas pessoas e nos dá uma ideia de como as redes sociais estão cada vez mais presentes entre as pessoas.

Está tudo em inglês, mas é simples de entender (e você como bom brasileiro tem que treinar seu inglês para receber os turistas da Copa e das Olimpíadas):

Vi lá no Blue Bus.


QR Code

A morte de Euclides da Cunha e o Ricardão Imortal


 

Hoje Certa vez recebi um link (hoje, quebrado) com um artigo no Estadão da Luiza Nagib Eluf sobre os 100 anos da morte do escritor brasileiro Euclides da Cunha, morto numa situação nada honrosa. O nobre autor da obra “Os Sertões” “se empirulitou”, como diria o Mussum, num confronto com o amante de sua mulher Ana Emília Ribeiro, o jovem tenente do exército Dilermando de Assis.

A história real do triângulo amoroso entre o escritor, a moça e o militar, que foi um dos crimes passionais que mais repercutiram no Brasil, chegou a virar até minissérie da rede Globo, sob o sugestivo nome de “Desejo“. Tarcísio Meira fez o papel de Euclides da Cunha enquanto Guilherme Fontes fez o papel de Dilermando de Assis e uma morena Vera Fischer fez o papel da disputada Ana.

Bem, fatos históricos e televisivos à parte, o que mais me chamou atenção nessa história foi o quanto o ilustríssimo escritor corno teve dificuldade em matar o tenentinho ricardão. O cara era praticamente um Highlander ou um Chuck Norris brasileiro, se você é mais novo e não conhece direito o guerreiro imortal.

Foram duas gerações tentando acabar com a raça do Dilermando, sendo fracassadas todas as tentativas.

Acompanhe comigo as melhores partes do texto de Luiza Nagib, com grifo nosso, e veja se isso não daria um bom episódio de Arquivo X, Twilight Zone… ou qualquer seriado sobre coisas inacreditáveis e incríveis. Leia mais…


QR Code

Melhor pedido de casamento do ano


Isso sim é uma forma de deixar a pretendente impressionada:

Na quarta-feira, 23 de maio de 2012, eu disse a minha namorada para me encontrar na casa da minha mãe para jantar. Quando ela chegou, eu orientei meu irmão para pedir pra ela sentar na parte traseira de um HondaCRV aberto e dar-lhe alguns fones de ouvido. Ele “queria tocar uma música para ela” …
O que ela teve em vez disso foi a primeira proposta de casamento do mundo com dublagem ao vivo.

Divirta-se!

Eu achei muito fera!

 

via The Daily What e Cortissa.


QR Code

#prontocasei


Bem, como uma boa parte das pessoas devem saber, eu me casei no último dia 07 de janeiro, às 20:00 22:00. Essa foi a única foto que tirei com meu celular no dia. As fotos oficiais, dos fotógrafos, só vou divulgar depois que rolar as photoshopadas dos fotógrafos, por recomendação da noiva.

Bem, achei que teria bem mais coisas pra falar sobre como é estar casado, mas pra resumir, o que tenho pra dizer é que é bem menos assustador do que parecia. Na verdade, parece que a ficha não caiu direito ainda, afinal eu só to com 2 semanas de casado (Isso seria bodas de alguma coisa?…). Mas parece que não mudou taaaaanta coisa assim, sabe? Bem, a diferença primordial agora é que eu não preciso levar a Sarinha em casa depois que a gente sai a noite. Nós simplesmente vamos pra casa. Muito melhor do que ter que se despedir no portão da casa dela e ir pra casa dormir sozinho.

As pessoas costumam falar tão mal do casamento, que é uma instituição falida, etc. mas até o momento eu só tenho visto prós. Por exemplo, outra coisa que estou gostando é de ter o meu próprio cantinho, onde posso ter minhas coisas sem incomodar ninguém e não ser incomodado também. To morando lá no Sudoeste e descobri que sou praticamente vizinho do Johnny C., o que vai ser legal porque vai ser bem mais fácil comparecer aos encontros nerds que rolarem ali por perto! ^^

Outra coisa bacana de ter casado é a Lua de Mel! Vocês já pararam pra pensar? Tipo, você tira férias porque casou! Simples assim, sem peso na consciência por ficar uma semana sem trabalhar nem nada, é um direito! Eu e Sarinha passamos nossa lua de mel em Campos do Jordão/SP, um lugar muito bonito e apropriado para um casal se curtir.

Lá, conhecemos o seguinte:

Pois bem pessoal, é isso aí. Eu casei e sobrevivi. E recomendo a qualquer um. =]

PS.:

¹ Faltou dizer que nós ficamos no hotel Home Green Home, muito bom! Nosso ex-ministro Gilberto Gil tem um flat lá, o cara tem bom gosto.

² Apesar de gostar de estar casado, vale lembrar as piadas que dizem:
– Se casamento fosse bom, não precisava de testemunhas.
– Todo mundo que é casado recomenda que os outros casem também, que nem quem tá numa piscina de água gelada e diz pros que tão fora: “Pode pular, tá uma delícia!” =P


QR Code

© 2008 - 2017. ALEH Blog

Theme by Anders NorenUp ↑

Licença Creative Commons
ALEH Blog de Alessandro Andrade está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://www.aleh.com.br.