ALEH Blog

Blog do Alessandro Andrade. Magrinho, Engenheiro e toca violão.

Lembrem-se do 5 de Novembro

“Remember, remember, the 5th of November
The gunpowder, treason and plot;
I know of no reason, why the gunpowder treason
Should ever be forgot.”

Tradução livre:

“Lembrai, lembrai do cinco de novembro
A pólvora, a traição, o ardil
Não sei de uma razão para que a traição da pólvora
Seja algum dia esquecida.”

Guy Fawkes, também conhecido como Guido Fawkes, foi um soldado inglês católico que teve participação na “Conspiração da pólvora” (Gunpowder Plot) na qual se pretendia assassinar o rei protestante Jaime I da Inglaterra e todos os membros do parlamento durante uma sessão em 1605, objetivando o início de um levante católico. Guy Fawkes era o responsável por guardar os barris de pólvora que seriam utilizados para explodir o parlamento inglês durante a sessão.

Porém a conspiração foi desarmada e após o seu interrogatório e tortura, Guy Fawkes foi executado na forca por traição e tentativa de assassinato. Outros participantes da conspiração acabaram tendo o mesmo destino. Sua captura é celebrada até os dias atuais no dia 5 de novembro, na “Noite das Fogueiras” (Bonfire Night).

Guy Fawkes nasceu na cidade de Iorque, e se converteu ao Catolicismo aos dezesseis anos. Como soldado era especialista em explosivos. Por ser simpatizante dos espanhóis católicos, adotou também a versão espanhola de seu nome francês: Guido.

Este fato histórico inspirou a criação de uma história em quadrinhos e posteriormente filme: V de Vingança.

O enredo é situado num passado futurista (uma espécie de passado alternativo), numa realidade em que um partido de cunho Totalitário ascende ao poder após uma guerra nuclear. A semelhança com o regime Fascista é inevitável devido ao fato do governo ter o controle sobre a mídia, a existência de uma polícia secreta,campos de concentração para minorias raciais e sexuais, muito perto do que pensou Hannah Arendt no seu livro “Origens do totalitarismo” de 1951. Existe também um sistema de monitoramento feito por câmeras nos moldes de “1984“, de George Orwell, escrito em 1948. (Na época, o CCTV ainda não existia tal como o é hoje na Inglaterra quando a obra foi escrita).

A história em quadrinho foi escrita num momento histórico no qual a Inglaterra estava implementando o sistema Capitalista Neoliberal com a primeira ministra Margaret Thatcher. Ao mesmo tempo o “Socialismo Real” da extinta U.R.S.S. (atual Rússia), estava em total descredito devido aos horrores do Stalinismo.

“V” (codinome do protagonista) tem uma postura Anarquista.

Foi criada uma rima tradicional, em alusão à Conspiração da Pólvora:

“Remember, remember, the 5th of November
The gunpowder, treason and plot;
I know of no reason, why the gunpowder treason
Should ever be forgot.”

Tradução livre:

“Lembrai, lembrai do cinco de novembro
A pólvora, a traição, o ardil
Não sei de uma razão para que a traição da pólvora
Seja algum dia esquecida.”

Há mais versos que se seguem a estes, dos quais alguns costumam não serem mais usados por serem ofensivos.

Os versos em Ingles:

Remember, remember the fifth of November,
Gunpowder, treason, and plot,
I know of no reason why the gunpowder treason
Should ever be forgot.
Guy Fawkes, Guy Fawkes, ‘twas his intent
To blow up the King and Parliament.
Three score barrels of powder below,
Poor old England to overthrow;
By God’s providence he was catch’d
With a dark lantern and burning match.
Holloa boys, holloa boys, make the bells ring.
Holloa boys, holloa boys, God save the King!
Hip hip hoorah!

Em Portugues:

“Lembrai, lembrai do 5 de novembro”
“A polvora, a traição e o ardil”
“Não sei de Nenhuma razão para que a traição da pólvora”
“Seja algum dia esquecida”
“Guy Fawkes,Guy Fawkes, esta era sua intenção”
“Explodir o rei e o Parlamento”
“Três montes de barris de polvora abaixo”
“Para derrubar a pobre Inglaterra”
“Pela providencia divina foi capturado”
“Com uma laterna escura e um fósforo”
“Halloa boys,Halloa boys, façam os sinos tocar”
“Halloa boys,Halloa boys, Deus salve o Rei”
“Hip hip Horray”

Parte considerada ofensiva e com uso terminal, devido a discriminação com o catolicismo.

A penny loaf to feed the Pope.
A farthing o’ cheese to choke him.
A pint of beer to rinse it down.
A faggot of sticks to burn him.
Burn him in a tub of tar.
Burn him like a blazing star.
Burn his body from his head.
Then we’ll say ol’ Pope is dead.
Hip hip hoorah!
Hip hip hoorah hoorah!

Em portugues:

Uma migalha de pão para alimentar o Papa.
Uma fatia de queijo para sufocar ele.
Uma taça de cerveja para lava-lo.
Um feixe de varas para queimá-lo.
Queime-o em um banho de alcatrão.
Queime-o como uma estrela brilhante.
Queimar o seu corpo a partir de sua cabeça.
Então, vamos dizer o Papa está morto.
Hip hip hoorah!
Hip hip hoorah hoorah!

 

Na história em quadrinhos de V de Vingança, bem como no filme homônimo, há referência a essas rimas e à conspiração da pólvora. Bem como na canção “Remember” da carreira solo de John Lennon.


Informações extraídas da Wikipedia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

QR Code

Deixe seu comentário!

Comentários

2 Comments

  1. E o q isso tem a ver com o BRASIL ………. pode ser história mas não eh nossa e nem temos motivos para lembrar ou comemorar tal acontecimento.. O qual nem prestigiado seria.

  2. Amigo Internauta,

    Quer dizer que só as datas comemorativas brasileiras têm alguma importância?

    Aham Claudia, senta lá.

    Pra sua informação, a Proclamação da República foi realizada no dia 15 de novembro porque foi adiantada, pois os idealizadores temiam pela vida do Marechal Deodoro, que estava com uma forte DESINTERIA.

    Sim, a República foi proclamada no Brasil por um velho com caganeira.

    Abraços.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© 2008 - 2017. ALEH Blog

Theme by Anders NorenUp ↑

Licença Creative Commons
ALEH Blog de Alessandro Andrade está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://www.aleh.com.br.